Home » Automobilismo » F1 Austrália: Bottas bate Hamilton e o recorde da pista, garantindo a 1ª vitória da temporada.

F1 Austrália: Bottas bate Hamilton e o recorde da pista, garantindo a 1ª vitória da temporada.

Valtteri Bottas saiu da Austrália com 26 pontos na carteira, digo, na tabela de classificação, com a  vitória de ponta a ponta com uma vantagem de mais de 24 segundos para o segundo colocado, o companheiro na Mercedes e atual campeão Lewis Hamilton, e com a volta mais rápida da prova.

O finlandês Valtteri Bottas derrubou todos os prognósticos que davam como certa a vitória do atual pentacampeão Lewis Hamilton que no treino classificatório de sábado fez a pole e o recorde da pista.

Na largada, Bottas pulou na frente do companheiro Hamilton para completar a primeira volta em primeiro. Com uma estratégia diferente de Hamilton, que fez sua troca de pneus na volta 16 (macios pelos médios), Bottas levou sua Mercedes até a volta 24 para fazer sua troca, também dos macios pelos médios.

Hamilton, vendo que a estratégia  do companheiro estava dando certo, pois já estava a 15 segundos de desvantagem para o líder, reclamou pelo rádio de sua estratégia: “ por que eu parei tão cedo?”. A resposta do engenheiro veio rápida: “para nos defender do Vettel”, o terceiro colocado com a Ferrari na prova até ali.

Depois de todas as paradas dos cinco primeiros na prova, lá pela volta de nº 30,  Bottas liderava com Hamilton em segundo, Verstappen em terceiro, Vettel em quarto e o monegasco Charles Leclerc em quinto. A 10 voltas do final, Bottas abriu cerca de 24 segundos de vantagem para o segundo colocado, Hamilton. A disputa pelo quarto e quinto lugares na prova, entre os pilotos da Ferrari, Leclerc tinha 10 segundos de desvantagem para o companheiro Sebastian Vettel, atual vice campeão da categoria.

Volta a volta Leclerc tirava mais de 1 segundo a diferença para Vettel. Faltando três voltas para o final da corrida, a diferença chegou a  menos de 1 segundo do companheiro, e mesmo com o DRS acionado para ultrapassar o principal piloto da equipe Ferrari, a manobra foi sem sucesso. Certamente tentaria novamente.

Mas curiosamente Charles Leclerc tirou o pé e terminou a prova a mais de 4 segundos do companheiro. Ordem de Matias Binoto (novo chefão da Ferrari, foto abaixo) para que o Vettel não perdesse dois pontos? O certo é que Leclerc terminou atrás do companheiro, ou seja, na quinta posição.

Na liderança, Bottas que durante a corrida foi sempre o mais rápido da prova, o que lhe garantia mais um pontinho, a três volta do final foi superado pelo holandês, Max Verstappen da RBR. Bottas, que havia diminuído o ritmo, falou pelo rádio que iria tentar novamente: “quero os 26 pontos!”, disse. Seriam 25 pela vitória e 1 ponto pela volta mais rápida.

Imediatamente a tentativa foi negada pelo engenheiro. O certo é que na última volta Bottas fez 1min25s580, garantindo o ponto extra. Vale destacar a participação dos estreantes no GP da Austrália. Os britânicos Lando Noris, vice-campeão da Fórmula 2 em 2018, de McLaren foi o melhor em décimo segundo. George Russel, campeão da mesma categoria também em 2018, com a sofrida Williams ficou em décimo sexto. E o tailandês Alexander Albom de Toro Roso terminou na décima quarta posição.

Confira abaixo a classificação completa da prova e do campeonato. A próxima corrida acontece daqui a duas semanas, dia 31/03, na pista de Sakhir Bahrein.

CLASSIFICAÇÃO DA CORRIDA

PILOTO EQUIPE
1.Valtteri Bottas Mercedes
2.Lewis Hamilton Mercedes
3.Max Verstappen RBR
4.Sebastian Vettel Ferrari
5.Charles Leclerc Ferrari
6.Kevin Magnussen Haas
7.Nico Hulkenberg Renault
8.Kimi Raikkonen Alfa Romeo
9.Lance Stroll Racing Point
10.Daniil Kvyat Toro Rosso
11.Pierre Gasly RBR
12.Lando Norris McLaren
13.Sergio Perez Racing Point
14.Alexander Albon Toro Rosso
15.Antonio Giovinazzi Alfa Romeo
16.George Russell Williams
17.Robert Kubica Williams
18.Romain Grosjean Haas
19.Daniel Ricciardo Renault
20.Carlos Sainz McLaren

 

CLASSIFICAÇÃO DE PILOTOS NO CAMPEONATO

PILOTO EQUIPE PONTOS
1.Valtteri Bottas Mercedes 26
2.Lewis Hamilton Mercedes 18
3.Max Verstappen RBR 15
4.Sebastian Vettel Ferrari 12
5.Charles Leclerc Ferrari 10
6.Kevin Magnussen Haas 8
7.Nico Hulkenberg Renault 6
8.Kimi Raikkonen Alfa Romeo 4
9.Lance Stroll Racing Point 2
10.Daniil Kvyat Toro Rosso 1
11.Pierre Gasly RBR 0
12.Lando Norris McLaren 0
13.Sergio Perez Racing Point 0
14.Alexander Albon Toro Rosso 0
15.Antonio Giovinazzi Alfa Romeo 0
16.George Russell Williams 0
17.Robert Kubica Williams 0
18.Romain Grosjean Haas 0
19.Daniel Ricciardo Renault 0
20.Carlos Sainz McLaren 0

 

CLASSIFICAÇÃO DE CONSTRUTORES NO CAMPEONATO

EQUIPE PONTOS
1.Mercedes 44
2.Ferrari 22
3.RBR 15
4.Haas 8
5.Renault 6
6.Alfa Romeo 4
7.Racing Point 2
8.Toro Rosso 1
9.McLaren 0
10.Williams 0

 

Silvio Porto

Silvio Porto é um jornalista que estreou na extinta Revista Afinal como repórter fotográfico, passou pelas Revistas Placar e Quatro Rodas onde conquistou prêmios importantes. Viajou pelo mundo cobrindo futebol, os principais salões do automóvel (Paris, Frankfurt, Detroit e São Paulo), além de Fórmula 1 e os lançamentos de carros e motos. Fez parte do quadro de jurados do Prêmio “Carro do Ano”, da Revista Auto Esporte e há oito anos é um dos jurados do Prêmio Imprensa Automotiva realizado pela Abiauto – Associação Brasileira da Imprensa Automotiva. Hoje é diretor e editor do Portal MotorCar (www.motorcar.com.br) e do Blog do Silvio Porto (www.silvioporto.com.br).

Similar posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

UA-58373095-2