Home » Automobilismo » F1 Japão: Hamilton vence e Vettel abandona. Com isso, o inglês abre 59 pontos de vantagem sobre o alemão.

F1 Japão: Hamilton vence e Vettel abandona. Com isso, o inglês abre 59 pontos de vantagem sobre o alemão.

O Grande Prêmio do Japão, disputado neste domingo (08/10), madrugada no Brasil, foi perfeito para o inglês Lewis Hamilton, pois fez a pole, liderou praticamente todas as voltas, venceu e ainda viu seu maior adversário na campeonato, Sebastian Vettel, abandonar nas primeiras voltas da prova. O segundo lugar ficou com o jovem holandês da RBR, Max Verstappen, e fechando o pódio, em terceiro, chegou o australiano Daniel Ricciardo, também de RBR. Já o brasileiro Felipe Massa, com uma estratégia equivocada da equipe Williams na troca de pneus, lutou muito para conseguir sair do Japão na zona de pontuação em décimo, somando mais um ponto na tabela de classificação.

Na corrida japonesa o inglês Lewis Hamilton teve total domínio da prova, largando em primeiro e recebendo a bandeirada na frente dos concorrentes. Com esse resultado abriu 59 pontos de vantagem para o vice-líder do campeonato, o alemão Sebastian Vettel, que abandonou a prova nipônica na volta de número cinco com problemas no motor da Ferrari, que funcionou com um cilindro a menos, com a falha em uma das velas. Com esse resultado Hamilton praticamente garante o título deste ano, já que há 100 pontos em jogo nas quatro últimas provas restantes e o inglês já tem 59 desses 100.

Durante a corrida foi tudo tão perfeito, que o inglês só perdeu a liderança por duas voltas para Daniel Ricciardo com a parada no pit para troca de pneus. Mas com todo os pits feitos, Hamilton reassumiu a liderança para receber a bandeirada em primeiro, mesmo com os ferozes ataques da RBR do piloto Max Verstappen, já que o segundo jogo de pneus macios (amarelos) do holandês rendiam melhor que os macios do líder.

Já Daniel Ricciardo, que teve o gostinho de liderar no Japão, mesmo que por duas voltas, fez uma prova isolada na terceira posição sem conseguir atacar o companheiro Verstappen e sem ser atacado pelo finlandês da Mercedes, Valtteri Bottas, o quarto colocado. O gostinho de terminar em quarto permitiu a Bottas se aproximar de Vettel na vice-liderança do campeonato com apenas 13 pontos de desvantagem.

Para o brasileiro Felipe Massa o domingo não foi tão bom quanto no sábado, quando se classificou em oitavo. Na corrida massa fez uma prova agressiva se mantendo sempre entre o sexto e oitavo colocado. Porém com a entrada do safety car e uma estratégia equivocada da equipe o brasileiro perdeu muitas posições tendo que “remar” muito para terminar os trabalhos no Japão na zona de pontuação, em décimo.

Na Renault o final de semana foi de muito trabalho. Os dirigentes da equipe francesa decidiram dispensar o piloto Julyon Palmer, deixando o inglês sem assento na categoria. E depois de muita negociação com a Toro Roso, a Renault resolveu antecipar a estréia do espanhol Carlos Sainz, que tinha vinda para a equipe prevista para 2018, por conta do baixo rendimento de Palmer nascorridas. No próximo GP, das Américas, nos Estados Unidos,é Sainz que estará ao volante de um dos carros da Renault.

Já a equipe Toro Roso, com a saída de Sainz, também antecipará a volta do russo Daniil Kvyat, substituído na equipe pelo francês Pierre Gasly. Kvyat, que tinha a volta prevista para as duas etapas finais do campeonato — Brasil e Abu Dhabi –, com a antecipação correrá no GP das Américas. A próxima corrida, o GP das Américas, nos Estados Unidos, acontece no dia 22 deste mês.

Confira abaixo as classificações completas da prova e do campeonato

CLASSIFICAÇÃO DA CORRIDA

Silvio Porto

Silvio Porto é um jornalista que estreou na extinta Revista Afinal como repórter fotográfico, passou pelas Revistas Placar e Quatro Rodas onde conquistou prêmios importantes. Viajou pelo mundo cobrindo futebol, os principais salões do automóvel (Paris, Frankfurt, Detroit e São Paulo), além de Fórmula 1 e os lançamentos de carros e motos. Fez parte do quadro de jurados do Prêmio “Carro do Ano”, da Revista Auto Esporte e há oito anos é um dos jurados do Prêmio Imprensa Automotiva realizado pela Abiauto – Associação Brasileira da Imprensa Automotiva. Hoje é diretor e editor do Portal MotorCar (www.motorcar.com.br) e do Blog do Silvio Porto (www.silvioporto.com.br).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

UA-58373095-2