Home » Automóveis » Nova Nissan Frontier 2017 chega custando R$ 166.700

Nova Nissan Frontier 2017 chega custando R$ 166.700

A Nova Nissan Frontier 2017 já está nas concessionárias da marca em todo Brasil com novo design, mais tecnologia, mais robustez, com novos itens de série, novo motor diesel 2.3 biturbo de 190 cavalos, na versão top LE e preço sugerido de R$ 166.700,00.

De acordo com a fabricante, a décima segunda geração importada do México tem como um dos seus destaques a estrutura ainda mais resistente em relação a anterior, o chassi mais reforçado, e os novos itens de série – bancos gravidade zero, desenvolvidos pela Nasa para eliminar a fadiga e oferecer mais conforto, e o novo sistema multimídia.

A Linha 2017 da Frontier está sendo oferecida apenas na versão top, a LE, e recheada de itens, de segurança e conforto. Entre eles os controles de tração e estabilidade (VDC – Vehicle Dinamic Control), freios ABS com controle eletrônico de frenagem (EBD) e assistência de frenagem (BA) e a introdução dos controles automático de descida (HDC) e auxílio de partida em rampa (HSA), luz de freio de LED (CHMSL) e luzes diurnas (DRL).

O departamento de design da Nissan tentou deixar a nova Frontier mais robusta, mais musculosa e com isso ressaltou as laterais, deixando o capô mais alto. A dianteira tem a assinatura do design da marca com a grade “V Motion” e os farois em formato de bumerangue. A picape conta com 5,25 metros de comprimento, 1,75 metros de altura e 1,85 metros de largura total.

No interior, embora a Nissan diga que a altura do interior da cabina aumentou 874 milímetros, especialmente na segunda fila de bancos, e que o espaço entre a cabeça e o teto cresceu, assim como a largura para os ombros, os ocupantes traseiros não viajam com tanto conforto assim. Espaço para as pernas está muito elevado.

Outra novidade da Nova Frontier está embaixo do capô: o motor diesel 2.3 biturbo, que desenvolve 190 cavalos de potência máxima e 45,9 mkgf de torque máximo. Segundo a engenharia, a injeção direta conta com 2.000 bar de pressão e o novo motor é ainda 10 quilos mais leve e mais silencioso que o anterior. Isso pudemos conferir durante o teste drive realizado. O nível de ruído é baixíssimo, oferecendo bastante conforto para uma picape desse porte.

Durante o teste drive pudemos comprovar também o bom torque do motor nas baixas rotações, que deu mais força nas arrancadas, a boa velocidade na estrada em função do turbo duplo, além do motor liso e rápido. Agradou, assim como a troca das sete marchas da transmissão. Na pista de testes Tuiuti conferimos, ainda, o bom ângulo de entrada (31,6) e de saída (27,2) com 292 mm de altura do solo.

E o consumidor que compra uma picape também quer saber sua capacidade. Além da tomada de 12V, a área de carga conta com quatro alças de apoio móveis, que correm em trilhos, para melhor acomodar a carga. O comprimento máximo da caçamba é de 1.519 mm, enquanto a largura atinge 1.560 mm e, a altura, é de 473 mm.

 

Silvio Porto

Silvio Porto é um jornalista que estreou na extinta Revista Afinal como repórter fotográfico, passou pelas Revistas Placar e Quatro Rodas onde conquistou prêmios importantes. Viajou pelo mundo cobrindo futebol, os principais salões do automóvel (Paris, Frankfurt, Detroit e São Paulo), além de Fórmula 1 e os lançamentos de carros e motos. Fez parte do quadro de jurados do Prêmio “Carro do Ano”, da Revista Auto Esporte e há oito anos é um dos jurados do Prêmio Imprensa Automotiva realizado pela Abiauto – Associação Brasileira da Imprensa Automotiva. Hoje é diretor e editor do Portal MotorCar (www.motorcar.com.br) e do Blog do Silvio Porto (www.silvioporto.com.br).

Similar posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

UA-58373095-2