Home » Destaque » Salão de Genebra 2017: As novidades para o mundo

Salão de Genebra 2017: As novidades para o mundo


O Salão do Automóvel de Genebra que acontece entre 9 e 19 de março na Suíça não é o maior evento do setor, mas certamente é um dos mais esperados. Na mostra deste ano, destaque para os modelos superesportivos, cada vez mais rápidos, porém com motores menores, e também para os concepts, que nunca faltam nos Salões espalhados pelo mundo. Veja abaixo as principais novidades do Genebra Motorshow 2017.

Honda Civic Type R

Uma das estrelas do estande da Honda em  Genebra é  o Civic Type R equipado com motor 2.0 VTEC que desenvolve 300 cavalos de potência máxima. A nova geração da versão esportiva do Civic será produzida a partir de julho em Swindon, no Reino Unido, e deverá ser comercializada em outubro. O novo Type R terá tração dianteira, transmissão manual de seis marchas, eixo traseiro multibraços e um kit aerodinâmico mais agressivo com dois spoilers traseiros. Segundo informações, não chegará a ser comercializado no Brasil.

Skoda Citigo

A novidade da Skoda é o  novo Citigo. Ou podemos dizer novo Volkswagen Up! Os dois modelos, que fazem parte do Grupo VW, contam com dimensões semelhantes e o design bem parecido também, principalmente na parte traseira. Esta está com para-choque mais robusto, luzes traseiras logo acima do para-choque e spoiler com a 3ª luz de freio integrada. O modelo Skoda cresceu 34 mm nesta nova geração, passando a medir 3,6 metros e virá com motor 1.0 a gasolina de três cilindros com opção de 60 ou 75 cv.

Audi  SQ5

Depois de apresentar o novo SQ5 com motor de 354 cavalos de potência máxima no Salão do Automóvel de Detroit, nos EUA, em janeiro, a Audi agora mostra o apimentado RS Q5. Segundo a fabricante, deverá contar com o mesmo propulsor 3.0 V6 TFSI do SQ5, mas gerando 450 cv. Terá, ainda, uma caixa de dupla embreagem S Tronic e um sistema de tração integral quattro. Com esse conjunto deverá acelerar de 0 a 100 km/h em menos de cinco segundos.

Citroën C3 Aircross

Entre as novidades da Citroën está o novo C-Aircross Concept, substituto do monovolume C3 Picasso. O protótipo, muito próximo da versão final, sobretudo no exterior, conta com 4,15 metros de comprimento, carroceria bi-color, iluminação em LED, rodas de 18 polegadas e teto panorâmico em vidro. Traz detalhes dos irmãos C4 Cactus, do concept Aircross e Cxperience. O novo C3 Aircross será produzido na planta industrial brasileira de Porto Real, (RJ) e comercializado por aqui em 2018.

Tata Tamo

A fabricante indiana Tata Motors (atual dona da Jaguar Land Rover) exibe em seu estande seu primeiro modelo da nova submarca do grupo, a Tamo. O esportivo, batizado de Tamo Racemo Sports Coupe, terá edição limitada a 250 unidades. Segundo informações, o novo esportivo é movido por um motor 1.2 turbo que desenvolve 190 cavalos de potência máxima, e pesará menos de 800 kg. Este será o primeiro de uma série de lançamentos previstos pela marca. O primeiro Tamo deverá chegar às revendas no início de 2018.

Mercedes AMG E 63

Uma das estrelas do estande da Mercedes-Benz é o modelo AMG E 63. O cliente que se encantar pelo modelo pode fazer o pedido de compra em abril, mas as primeiras unidades serão entregues em junho. Estará disponível com o motor V8 4.0 litros biturbo em duas versões: E 63 4Matic+ Estate com 571 cavalos de potência máxima e E 63 S 4Matic Estate de 612 cv, ambas com tração integral, com rodas traseiras direcionais e associadas à caixa automática AMG Speedshift MCT de nove velocidades.

Fittipaldi EF7 Vision

Entre os inúmeros modelos expostos em Genebra, um se destaca para nós brasileiros: a supermáquina Fittipaldi EF7 Vision. O protótipo é resultado da parceria entre Emerson Fittipaldi, bicampeão de Fórmula 1 (1972 e 1974) e vencedor da 500 Milhas de Indianápolis (EUA), do estúdio de design italiano e do grupo de engenharia alemão HWA. O carro, que receberá o símbolo da nova marca Fittipaldi Motors, estará disponível no game Gran Turismo, da Sony Playstation, mas, de acordo com Emerson, ganhará as ruas. O EF7 conta com motor 4.8 V8 aspirado de 600 cv e transmissão sequencial de 6 marchas.

Subaru XV

A estrela da Subaru é o SUV XV. O modelo será feito com base numa nova plataforma modular, do Impreza, e contará com uma versão atualizada do sistema de tração integral Symmetrical All-Wheel Drive. Será equipado com o conhecido motor de quatro cilindros Boxer, mas deverá ser lançada uma opção híbrida. Para 2021 está prevista uma versão elétrica. Maior e mais largo em relação ao XV atual, o novo modelo de cinco lugares terá mais espaço para os ocupantes. O motor será colocado 5 mm mais baixo, o que ajudará a baixar o centro de gravidade.

VW T-Roc

O novo SUV da Volkswagen, o T-Roc, é mostrado em versão de pré-produção, sendo que o formato definitivo somente aparecerá no segundo semestre de 2017. Desenvolvido com base na plataforma modular MQB, tem a mesma distância entre-eixos do Golf (2,64 metros), com 41 mm menor do que o Tiguan.  No comprimento contará com 4,20 metros, 1,80 metros de largura e 1,50 metros de altura. Conta com os motores 1.5 TSI Evo com sistema de desativação de cilindros ACT, nas versões de 130 e de 150 cv. A versão diesel incluirá os propulsores 1.6 TDI e 2.0 TDI, chegando a especular que poderá ter um 2.0 turbo a gasolina, destinado ao T-Roc GTI, que deverá ter 245 cv do novo Golf GTI.

McLaren 720S

O superesportivo 720S merece ser apreciado de perto. Conta com estrutura em fibra de carbono Monocage II, ultraleve e extremamente rígida, o que permite que o carro pese a seco apenas 1283 kg. Outra novidade do superesportivo de 700 cv está na entrada do cockpit mais ampla do que o irmão 650S, com a colocação mais baixa da longarina, facilitando o acesso ao habitáculo, além de garantir uma melhor visibilidade. O motor é um V8 de 4 litros e 720 cavalos.

Ferrari 812 Superfast

Em qualquer salão do mundo, a visita ao estande da Ferrari é obrigatória. Este ano um dos destaques é a 812 Superfast, que substitui a F12berlinetta, e segue a receita italiana de 70 anos. Conta com motor 6.5 litros V12 aspirado de 800 cavalos e 73 mkgf. Tem injeção direta e coletores com geometria variável. Com essa motorização acelera de 0 a 100 km/h em 2,9 segundos, e atinge a velocidade máxima de 340 km/h.

Aston Martin Valkyrie

A Aston Martin se uniu a Red Bull para criar o conceito Valkyrie, que deverá se tornar um superesportivo. O modelo, com motor V8 e carroceria em fibra de carbono, tem o projeto assinado pelo projetista da RBR F1, Adrian Newey.

Vanda Dendrobium

A empresa de Cingapura Vand Electrics estreou em Genebra com seu primeiro carro esportivo produzido por lá. E quem pensa que ela não tem ligação com automóveis e desempenho, é parceira da equipe Williams de Fórmula 1. O Dendrobium, que segundo informações é uma espécie de orquídea comum no sudeste asiático, é totalmente elétrico e pode alcançar os 320 km/h e atingir a velocidade final de 2,7 segundos. O carro é de fibra de carbono e pesa 1.750 kg.

Lamborghini Huracan Performante

Na mostra, a Lamborghini exibe o novo Huracan Performante, a versão mais rápida e potente do esportivo italiano. Seu motor V10 de 5.2 litros aspirado desenvolve 649 cavalos de potência máxima, chegando de 0 a 100 km/h em 2,9 segundos e atingindo a velocidade máxima de 325 km/h. Segundo informações, é o primeiro carro da marca a contar com aerodinâmica ativa, com aletas que aumentam a pressão.

Fiesta ST

Entre as novidades da Ford na mostra está o novo Fiesta ST equipado com motor de 3 cilindros e 1.5 litro. Esse propulsor desenvolve 200 cavalos de potência máxima que faz com que o modelo chegue dos 0 aos 100 km/h em apenas 6,7 segundos. Números superiores ao ST anterior com motor 1.6 de 4 cilindros. O Fiesta ST oferece três modos de direção: normal, sport e track e existe a possibilidade de se desativar um dos cilindros

Alpine A110

A lendária marca francesa dos anos 60 está de volta com a Renault e no estande está em destaque uma releitura do modelo A110. Pesando apenas 1.080 kg, o pequeno esportivo conta com motor 1.8 turbinado que desenvolve 255 cavalos de potência máxima. Segundo a fabricante, com essa motorização acelera de 0 a 100 km/h em apenas 4,5 segundos.

Audi Q8 Sport concept

O visitante do estande da Audi poderá apreciar diversos modelos e entre eles o conceito Q8 Sport. O modelo conta com motor híbrido V6 de 3.0 litros com compressor alimentado eletricamente que gera 476 cavalos de potência máxima. A guarnição de alumínio escovado foi trocada para versões em preto brilhante. Os para-lamas foram esticados e as pontas de escape são agora ovais grandes que sobressaem do para-choque traseiro.
 Ford GT

O superesportivo GT é certamente uma das estrelas do estande da Ford na mostra deste ano. Conta com motor Ford EcoBoost biturbo que gera 647 cavalos de potência máxima, inovações aerodinâmicas e carroceria de fibra de carbono. Há, ainda, a edição Heritage, versão do atual modelo 2017, insírada em um carro histórico: o GT40 Mark II de 1966. Produzida em série limitada, esse modelo tem pintura em preto brilhante ou fosco, listas prateadas e o número 2 estampado em branco no capô e nas portas. Completam o design as rodas de alumínio de 20 polegadas com acabamento dourado fosco com porcas pretas.

 

 

 

Célia Murgel

Célia Murgel é jornalista, trabalhou como repórter nas Revistas Quatro Rodas, MotorShow, Scuba, Época, Crescer e Galileu. Recebeu quatro prêmios de jornalismo como Prêmio Volvo de Segurança, Prêmio Abril, Prêmio Anfavea de Segurança e Prêmio Abraciclo. É editora do Portal MotorCar desde seu lançamento em 2000.

Similar posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

UA-58373095-2