Home » Automobilismo » F1 Inglaterra: Hamilton vence sua 80ª prova em uma corrida frenética.

F1 Inglaterra: Hamilton vence sua 80ª prova em uma corrida frenética.

Lewis Hamilton venceu sua 80ª prova na Fórmula 1 em uma corrida que começou e terminou frenética, deixando o segundo lugar para o companheiro Valtteri Bottas, o pole do GP inglês. Em terceiro, fechando o pódio, ficou o monegasco Charles Leclerc com sua Ferrari.

A corrida em Silverstone, “Templo da Fórmula 1”, não poderia ter sido diferente. Na largada, o atual líder do campeonato, Lewis Hamilton, partiu para cima do pole Bottas que com muita dificuldade conseguiu manter a ponta, mas sempre sendo atacado de perto por Hamilton.

Mas na volta 17, antecipou sua parada no pit para trocar os pneus médios pelos médios, mostrando que faria duas paradas. Na volta 14, Verstappen e Leclerc entraram nos boxes, e na saída, ainda no pit, saíram lado a lado proporcionando a maior disputa por posições deste ano, com uma “briga “acirrada, que durou por mais de 10 voltas.

Na liderança, Hamilton ainda foi beneficiado pela entrada do safety car na volta 20, provocado pelo italiano Giovinnazi que ficou com sua Alfa Romeu atolada na caixa de brita após errar a curva e sair da pista. Hamilton aproveitou a oportunidade e foi o primeiro a entrar no pit, para trocar seus pneus médios pelos duros, mostrando que faria apenas uma parada. Estratégia diferente do companheiro. Sebastian Vettel, da Ferrari, vendo o líder da prova entrar no pit tratou de fazer o mesmo.  

Lewis Hamilton, vencedor do GP da Inglaterra, comemora a vitória com a bandeira do país.

Lewis trocou os pneus uma só vez o que lhe rendeu a sétima vitória em 2019 e em “casa”, se tornando o maior vencedor da corrida inglesa e aumentando para 80, aproximando ainda mais do recorde de vitórias do alemão Michael Schumacher, com 91.

A maioria dos pilotos aproveitou para trocar os pneus logo que o carro de segurança entrou na pista, menos o jovem Charles Leclerc que trocou duas voltas depois, perdendo duas posições, para os pilotos da RBR, o holandês Max Verstappen e o francês  Pierre Gasly, deixando claro que a estratégia para o monegasco pelos dirigentes da Ferrari foi equivocada.

Essa entrada atrasada no pit provocou o seguinte comentário de Leclerc pelo rádio: “O que vocês fizeram para eu estar aqui atrás deles, Verstappen e Gasly?” A sorte do monegasco é que na volta 36 conseguiu superar o francês e ao mesmo tempo Vettel, que havia sido ultrapassado por Verstappen.

Vettel jogou a frente da sua Ferrari na traseira do RBR do holandês, provocando a saída da pista dos dois que acabaram indo para a brita o que facilitou a vida do Charles que subiu para terceiro, com Gasly em quarto e Verstappen, que ainda voltou para a pista, em quinto.

Já o barbeiro Sebastian Vettel teve de ir para os boxes trocar o bico de sua Ferrari, terminando a corrida na antepenúltima posição, ou seja em 16º. Os comissários da FIA, entretanto, consideraram Vettel culpado pela batida com Verstappen e o puniram com o acréscimo de 10 segundos no tempo final da corrida, saindo da Inglaterra sem marcar pontos. No final da prova Vettel pediu desculpas pelo ocorrido.

A próxima corrida acontece no dia 25 de julho, na Alemanha, na pista de Hockenheimring. Confira abaixo a classificação completa da prova e do campeonato.

CLASSIFICAÇÃO DA CORRIDA

PILOTO EQUIPE
   
1.Lewis Hamilton Mercedes
2.Valtteri Bottas Mercedes
3.Charles Leclerc Ferrari
4.Pierre Gasly RBR
5.Max Verstappen RBR
6.Carlos Sainz Jr. McLaren
7.Daniel Ricciardo Renault
8.Kimi Raikkonen Alfa Romeo
9.Daniil Kvyat Toro Rosso
10.Nico Hulkenberg Renault
11.Lando Norris McLaren
12.Alexander Albon Toro Rosso
13.Lance Stroll Racing Point
14.George Russell Williams
15.Robert Kubica Williams
16.Sebastian Vettel Ferrari
17.Sergio Perez Racing Point
Antonio Giovinazzi* Alfa Romeo
Romain Grosjean* Haas
Kevin Magnussen* Haas

*abandonaram

CLASSIFICAÇÃO DE PILOTOS NO CAMPEONATO

PILOTO EQUIPE PONTOS
     
1.Lewis Hamilton Mercedes 223
2.Valtteri Bottas Mercedes 184
3.Max Verstappen RBR 136
4.Sebastian Vettel Ferrari 123
5.Charles leclerc Ferrari 120
6.Pierre Gasly RBR  55
7.Carlos Sainz Jr. McLaren  38
8.Kimi Raikkonen Alfa Romeo  25
9.Lando Norris McLaren  22
10.Daniel Ricciardo Renault  22
11.Nico Hulkenberg Renault  17
12.Kevin Magnussen Haas  14
13.Sergio Perez Racing Point  13
14.Daniil Kvyat Toro Rosso  12
15.Alexander Albon Toro Rosso   7
16.Lance Stroll Racing Point   6
17.Romain Grosjean Haas   2
18.Antonio Giovinazzi Alfa Romeo   1
19.George Russell Williams   0
20.Robert Kubica Williams   0

CLASSIFICAÇÃO DE CONSTRUTORES NO CAMPEONATO

EQUIPES PONTOS
   
1.Mercedes 407
2.Ferrari 243
3.RBR 191
4.McLaren  60
5.Renault  39
6.Alfa Romeo  26
7.Racing Point  19
8.Toro Rosso  19
9.Haas  16
10.Williams   0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Silvio Porto

Silvio Porto é um jornalista que estreou na extinta Revista Afinal como repórter fotográfico, passou pelas Revistas Placar e Quatro Rodas onde conquistou prêmios importantes. Viajou pelo mundo cobrindo futebol, os principais salões do automóvel (Paris, Frankfurt, Detroit e São Paulo), além de Fórmula 1 e os lançamentos de carros e motos. Fez parte do quadro de jurados do Prêmio “Carro do Ano”, da Revista Auto Esporte e há oito anos é um dos jurados do Prêmio Imprensa Automotiva realizado pela Abiauto – Associação Brasileira da Imprensa Automotiva. Hoje é diretor e editor do Portal MotorCar (www.motorcar.com.br) e do Blog do Silvio Porto (www.silvioporto.com.br).