Home » Automobilismo » F1: RBR abandona motor Renault pelo japonês Honda em 2019.

F1: RBR abandona motor Renault pelo japonês Honda em 2019.

A RBR anunciou nesta semana que abandonará o motor Renault pelo japonês Honda na temporada de 2019 da Fórmula 1. O contrato tem a duração de dois anos, já que haverá nova alteração no regulamento em 2021.

“O negócio com a Honda marca o início de uma emocionante fase da RBR para competir não somente por vitórias, mas por títulos”, disse Christian Horner, chefe da RBR. “Após pensar com muito cuidado, estamos certo de que a parceria com a Honda é a direção correta para o time. Estamos impressionados com o compromisso da Honda com a F1 e dos degraus que rapidamente subiram com a STR”, completou.

A parceria com a Renault durou 12 anos e neste período a RBR conquistou na Fórmula 1 oito títulos, sendo quatro de construtores e quatro de pilotos, além de 57 vitórias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Silvio Porto

Silvio Porto é um jornalista que estreou na extinta Revista Afinal como repórter fotográfico, passou pelas Revistas Placar e Quatro Rodas onde conquistou prêmios importantes. Viajou pelo mundo cobrindo futebol, os principais salões do automóvel (Paris, Frankfurt, Detroit e São Paulo), além de Fórmula 1 e os lançamentos de carros e motos. Fez parte do quadro de jurados do Prêmio “Carro do Ano”, da Revista Auto Esporte e há oito anos é um dos jurados do Prêmio Imprensa Automotiva realizado pela Abiauto – Associação Brasileira da Imprensa Automotiva. Hoje é diretor e editor do Portal MotorCar (www.motorcar.com.br) e do Blog do Silvio Porto (www.silvioporto.com.br).