Home » Automobilismo » GP da Hungria: com pilotagem inteligente e segura, Hamilton vence e amplia vantagem na liderança.

GP da Hungria: com pilotagem inteligente e segura, Hamilton vence e amplia vantagem na liderança.

Na Hungria, o piloto inglês Lewis Hamilton venceu a 67ª corrida de sua carreira na F1, ajudado pelo companheiro de equipe da Mercedes, o finlandês Valtteri Bottas, que acabou na quinta posição. Sebastian Vettel terminou em segundo, Kimi Raikkonen em terceiro e Daniel Ricciardo em quarto.

No sábado, depois da classificação, Hamilton que conquistou a pole, levantou os braços agradecendo aos céus pela chuva que mandou. Já no domingo, depois da bandeirada, comemorou na pista, agradecendo a decisão da Mercedes em trabalhar em equipe, com ele e Bottas, permitindo que vencesse o GP da Hungria.

Na largada, Hamilton manteve a primeira posição sem se preocupar com os ataques ferozes de Vettel, que foi muito bem protegido pelo companheiro Bottas. Essa proteção do finlandês durou até a volta 16 quando Bottas parou para o seu primeiro pit para trocar os pneus do ultramacio pelo macio.

Mesmo sem a proteção de Bottas, Hamilton conseguiu manter a primeira posição e ampliar a diferença em relação ao Vettel, que largou com pneus macios, volta a volta. Hamilton, que largou de ultramacios, na volta 25 precisou entrar no pit para fazer sua troca de pneus (ultra para macios). Só ai perdeu a posição para Vettel, seu maior adversário na busca pelo título de 2018.

Vettel, que na volta 40, com dificuldades de aderência dos pneus macios, precisou parar no pit e trocar pelos ultramacios, os mais rápidos da corrida. A ideia do alemão era trocar os pneus pelo ultra no final da corrida, e com carro mais leve e mais rápido, tirar a diferença do inglês da mercedes e tentar a vitória na Hungria.

Mas um problema na troca do pneu traseiro fez com que o alemão perdesse mais de dois segundos no pit, e voltasse em terceiro, atrás do finlandês Bottas.

Vettel, com pneu mais rápido, achou que não seria difícil ultrapassar Bottas, mas não contava com a eficiência do segundo piloto da Mercedes em segurar os ataques do alemão. E essa disputa durou até três voltas do final, quando o alemão, insatisfeito, partiu para cima, e para assumir a segunda posição, numa atitude desleal, atingiu a asa dianteira da mercedes do finlandês. Jogou Bottas para fora da pista.

Essa manobra, que ao nosso ver, foi desleal, não provocou nem investigação dos comissários da FIA (Federação Internacional de Automobilismo). Muito estranho. Já Bottas, que passou a corrida inteira protegendo Hamilton como escudeiro, tentava defender a quarta posição com os ataques do australiano Daniel Ricciardo. Acabou atingindo no meio da RBR do australiano, que felizmente continuou na corrida, e rápido.

Ricciardo terminou em quarto e Bottas em quinta. Essa manobra foi anunciada pelos comissários da FIA que iria ser investigada após a corrida. Dois pesos e duas medidas. Essa manobra está sob investigação, a de Vettel com Bottas, não. Estranho.,

Já o finlandês da Ferrari, Raikkonen, mesmo fazendo uma corrida apagada, acabou subindo no pódio na terceira posição. Vale destacar as atuações de dois pilotos: o francês Pierre Gasly com a Toro Rosso Honda e o espanhol Fernando Alonso com a McLaren Renault , que terminaram em sexto e oitavo, respectivamente.

Com os resultados na Hungria, Hamilton continua na liderança do campeonato com 213 pontos, ampliando a diferença em 24 pontos para o vice-líder Vettel, que somou 189 pontos.

Agora a F1 entra em férias retornando no GP da Blegica, em Spa-Francorchamps, no dia 26 de agosto. O líder do campeonato Lewis Hamilton, disse que agora só quer praia e sossego.

 

CLASSIFICAÇÃO NA CORRIDA

PILOTO EQUIPE
1.Lewis Hamilton Mercedes
2.Sebastian Vettel Ferrari
3.Kimi Raikkonen Ferrari
4.Daniel Ricciardo RBR
5.Valtteri Bottas Mercedes
6.Pierre Gasly Toro Rosso
7.Kevin Magnussen Haas
8.Fernando Alonso McLaren
9.Carlos Sainz Jr. Renault
10.Romain Grosjean Haas
11.Brendon Hartley Toro Rosso
12.Nico Hulkenberg Renault
13.Esteban Ocon Force India
14.Sergio Perez Force India
15.Marcus Ericsson Sauber
16.Sergey Sirotkin Williams
17.Lance Stroll Williams
18.Stoffel Vandoorne Mclaren
19.Max Verstappen RBR
20.Charles Leclerc Sauber

 

CLASSIFICAÇÃO DE PILOTOS NO CAMPEONATO

PILOTOS EQUIPE PONTOS
1.Lewis Hamilton Mercedes 213
2.Sebastian Vettel Ferrari 189
3.Kimi Raikkonen Ferrari 146
4.Valtteri Bottas Mercedes 132
5.Daniel Ricciardo RBR 118
6.Max Verstappen RBR 105
7.Nico Hulkenberg Renault  52
8.Kevin Magnussen Haas  45
9.Fernando Alonso McLaren  44
10.Sergio Perez Force India  30
11.Carlos Sainz Jr.  30
12.Esteban Ocon  29
13.Pierre Gasly  26
14.Romain Grosjean  21
15.Charles Leclerc  13
16.Stoffel Vandoorne   8
17.Marcus Ericsson   5
18.Lance Stroll   4
19.Brendon Hartley   2
20.Sergey Sirotkin   0

 

CLASSIFICAÇÃO DE CONSTRUTORES

EQUIPE PONTO
1.Mercedes 345
2.Ferrari 335
3.RBR 223
4.Renault  82
5.Haas  66
6.Force India  59
7.McLaren  52
8.Toro Rosso  28
9.Sauber  18
10.Williams   4

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Silvio Porto

Silvio Porto é um jornalista que estreou na extinta Revista Afinal como repórter fotográfico, passou pelas Revistas Placar e Quatro Rodas onde conquistou prêmios importantes. Viajou pelo mundo cobrindo futebol, os principais salões do automóvel (Paris, Frankfurt, Detroit e São Paulo), além de Fórmula 1 e os lançamentos de carros e motos. Fez parte do quadro de jurados do Prêmio “Carro do Ano”, da Revista Auto Esporte e há oito anos é um dos jurados do Prêmio Imprensa Automotiva realizado pela Abiauto – Associação Brasileira da Imprensa Automotiva. Hoje é diretor e editor do Portal MotorCar (www.motorcar.com.br) e do Blog do Silvio Porto (www.silvioporto.com.br).