Home » Automóveis » Volkswagen terá prejuízo de 3.000 euros em cada I.D. elétrico vendido.

Volkswagen terá prejuízo de 3.000 euros em cada I.D. elétrico vendido.

No dia 8 de maio a Volkswagen iniciará o período de encomenda para o mercado europeu do modelo elétrico I.D., quando também será mostrado seu design final e fornecidas mais informações técnicas. As entregas, entretanto, estão previstas para o início de 2020.

De acordo com a revista alemã Auto Motor und Sport, a Volkswagen espera perder cerca de 3.000 euros em cada unidade vendida. Um valor alto já que a marca pretende produzir cem mil unidades em 2020, o que totalizaria um rombo de 300 milhões de euros. Mas vale destacar que só em 2018 a VW anunciou lucros operacionais de 13,9 bilhões de euros.

O I.D. será oferecido com três opções de bateria: a de entrada com 48 kWh com um alcance de cerca de 330 km; a intermediária de 62 kWh e 450 km e a topo com provavelmente 80kWh e autonomia de 550 km.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Silvio Porto

Silvio Porto é um jornalista que estreou na extinta Revista Afinal como repórter fotográfico, passou pelas Revistas Placar e Quatro Rodas onde conquistou prêmios importantes. Viajou pelo mundo cobrindo futebol, os principais salões do automóvel (Paris, Frankfurt, Detroit e São Paulo), além de Fórmula 1 e os lançamentos de carros e motos. Fez parte do quadro de jurados do Prêmio “Carro do Ano”, da Revista Auto Esporte e há oito anos é um dos jurados do Prêmio Imprensa Automotiva realizado pela Abiauto – Associação Brasileira da Imprensa Automotiva. Hoje é diretor e editor do Portal MotorCar (www.motorcar.com.br) e do Blog do Silvio Porto (www.silvioporto.com.br).