Home » Destaque » Nova Yamaha Lander 250 ABS 2020 ganha 4 anos de garantia e custa R$ 16.990.

Nova Yamaha Lander 250 ABS 2020 ganha 4 anos de garantia e custa R$ 16.990.

A Nova Yamaha Lander ABS 2020 estará nas concessionárias da marca na próxima semana com várias novidades e custando R$ 16.990, mais o valor do frete, diferente de estado para estado. A moto chega com novo design, mais segura, mais confortável e com 4 anos de garantia. De acordo com a fabricante, a nova geração da Lander surgiu do resultado de pesquisas com clientes da categoria.

O design foi baseado na big trail XT660R, ou seja, ficou mais robusto e agressivo, com o tanque de combustível imponente. Outros detalhes foram tirados da irmã Ténéré 250, como o confortável assento, em dois níveis, mais largo e ergonômico. O garupa ganhou alças de apoio em alumínio.

Outra novidade está na maior autonomia do tanque de combustível, que passou de 11 litros de capacidade para 13,6 litros, e na tampa, agora no estilo aviação. A nova geração ganhou, ainda, lanterna e farol em Full Led, além do painel digital mais completo (agora com indicadores de consumo médio e instantâneo).

Há, ainda, chassi em aço com dupla trave superior e com o berço semi-duplo, suspensão dianteira com tubos internos de 41mm de diâmetro e longo curso de 220 mm, suspensão traseira com sistema monocross com link, amortecedor único a gás e ajustável na compressão da mola. O curso é de 204 mm. As rodas tem diâmetro de 21 polegadas na dianteira e 18 na traseira, calçadas com pneus Metzeler Tourance nas medidas 80/90-21 na frente e 120/80-18 atrás.

O sistema de freios é composto por um disco de 245 mm e uma pinça de duplo pistão na frente, e um disco de 203mm e pinça simples na traseira. E a novidade está na adoção do sistema ABS como item de série. O motor é monocilíndrico, flex, de arrefecimento misto, SOHC, de 249,5 cm³, com duas válvulas acionadas por comando simples no cabeçote. Esse propulsor é flex e com gasolina gera potência de 20,7 cv e com etanol, 20,9 cv, ambos a 8.000 rpm. O torque é de 2,1 mkgf, tanto com etanol quanto com gasolina, ambos a 6.500 rpm.

O câmbio conta com 5 marchas e a transmissão secundária é feita por corrente, com coroa e pinhão de 13 e 40 dentes respectivamente. Para as viagens, a Yamaha criou o Kit Touring com bagageiro, bauletos com duas opções de tamanho — 33 e 35 litros –, e ainda protetor lateral do motor e para-brisa. São três opções de cores: azul (Competition Blue), branco (Sports White) e preto (Black Eclipse).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Silvio Porto

Silvio Porto é um jornalista que estreou na extinta Revista Afinal como repórter fotográfico, passou pelas Revistas Placar e Quatro Rodas onde conquistou prêmios importantes. Viajou pelo mundo cobrindo futebol, os principais salões do automóvel (Paris, Frankfurt, Detroit e São Paulo), além de Fórmula 1 e os lançamentos de carros e motos. Fez parte do quadro de jurados do Prêmio “Carro do Ano”, da Revista Auto Esporte e há oito anos é um dos jurados do Prêmio Imprensa Automotiva realizado pela Abiauto – Associação Brasileira da Imprensa Automotiva. Hoje é diretor e editor do Portal MotorCar (www.motorcar.com.br) e do Blog do Silvio Porto (www.silvioporto.com.br).